Notícias

Prefeitura de Formoso entrega próteses dentárias gratuitas à população formosense.
  • Enviar por e-mail
10/03/2017
Entre os meses de janeiro a abril, estão previstas mais de 80 próteses para ser entregue a população.

 A Prefeitura de Formoso por meio da secretaria de saúde informa que está oferecendo serviços de prótese dentária: prótese total e prótese parcial removível gratuita à população formosense.

Com o objetivo de melhorar e recuperar a estética e a funcionalidade do sorriso dos Formosenses, por meio da Secretaria de Saúde, através do programa do Governo Federal - Brasil Sorridente, os interessados recebem atendimento de um dentista e um protesista, dentista especializado em prótese dental. Desde o inicio deste ano, um profissional especialista na área está atuando no Hospital Municipal, vinculado à Secretaria de Saúde. O objetivo é melhorar ainda mais o serviço ofertado à comunidade. Entre os meses de janeiro a abril, estão previstas mais de 80 próteses para ser entregue a população.

O Programa Brasil Sorridente no município tem o objetivo de popularizar o acesso à saúde bucal, garantir as ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal da população de Formoso, entende que isso é fundamental para a saúde geral a qualidade de vida da população.

O procedimento, segundo a secretária da saúde Lílian, é feito por meio de encaminhamento do cidadão pelas unidades de saúde do bairro ao especialista, que irá avaliar se há ou não necessidade do paciente utilizar a prótese. “Um sorriso mais bonito está diretamente associado à recuperação da autoestima das pessoas e ajuda a ressocializá-las no convívio social”, comenta a secretária.

Além de melhorar esteticamente o sorriso do cidadão, a prótese restabelece a mastigação e melhora a digestão dos alimentos. Além disso, ajuda na fonética e diminui as dores musculares e de cabeça dos pacientes que sofreram com alteração da dimensão vertical de oclusão. O conceito de Dimensão Vertical de Oclusão (DVO) refere-se a uma medida no plano vertical; que estabelece a relação entre a maxila e mandíbula quando os dentes posteriores; tanto do arco superior quanto do inferior; estão obstruídos; independentemente destes serem naturais ou protéticos; hígidos ou restaurados. Sendo assim; esta medição é suscetível a alteração; que quando acontece pode comprometer significativamente a função; a estética facial e; por conseguinte o sistema estomatognático; influenciando diretamente na qualidade de vida dos pacientes.

Os interessados devem comparecer as unidades de saúde (ESFs) ou secretaria de saúde munidos do RG, CPF, Comprovante de Endereço e do cartão do SUS - Sistema Único de Saúde.

Acompanhe a Prefeitura nas redes sociais


Carregando, por favor aguarde...